Editorial

Os textos de nossos boletins semanais


PARA LER NÚMEROS

Narrativas, leis, lista de recenseamento e oráculos de um profeta pagão. O livro de Números contém todos esses gêneros literários e isso torna sua leitura difícil e não muito atraente para nós. Mas, como toda a Palavra de Deus, há ensinamentos essenciais para a nossa vida neste livro. Para facilitar a leitura e entender os ensinamentos são necessárias algumas observações.
Números é o registro histórico da peregrinação do povo de Israel do pé do Monte Sinai até o acampamento na planície de Moabe, onde irá se preparar para a conquista da terra prometida. Durante toda a leitura dessa jornada é necessário lembrar-se das narrativas de Gênesis e Êxodo. E, principalmente, a aliança de Deus com Abraão: a descendência dele iria herdar a terra de Canaã, e Deus irá cumprir essa promessa. Em todo o livro de Números há a demonstração da fidelidade e misericórdia de Deus em cumprir Sua palavra, apesar de um povo desobediente e murmurador.
Em segundo lugar, lembrar que Deus torna o povo Seu, em todos os aspectos, e deseja que o povo seja o instrumento Dele para a conquista da terra prometida. Por isso, a necessidade de definir a formação em volta do tabernáculo, às listas de recenseamento e até algumas narrativas no final.
Em terceiro, a ênfase, presente no Pentateuco todo, no relacionamento entre Deus e seu povo, principalmente na questão da sua presença, no tabernáculo, e de como se deveria adorar a Deus. Isso é essencial para se entender as leis adicionais presentes no livro.
Por fim, repare na ação do povo durante todo o livro. Israel é desobediente e faz várias reclamações. Mas a história não é do povo, não é ele o foco. O foco é Deus. Aquilo que Ele faz para cumprir Sua palavra, a sua misericórdia para com o povo e a benevolência para prover o que Israel necessita para se manter no pacto sempre virá Dele.
Boa leitura!